PORQUE SOMOS DIFERENTES

Assista nosso manifesto - "UNIÃO"

O Instituto Não Aceito Corrupção (INAC) é uma associação civil, nacional e apartidária, sem fins econômicos, fundada em 2015. A entidade foi idealizada pelo então Promotor de Justiça Roberto Livianu, que capitaneou a articulação de um grupo de trinta e dois cidadãos, visando concentrar esforços estruturados e focalizados no combate inteligente e estratégico da corrupção.

O INAC é construído todos os dias por pessoas com experiências e formações distintas, o que nos traz uma vocação multidisciplinar. Usamos o Direito, a Ciência Política, a Estatística e a Comunicação como principais ferramentas de trabalho.

Atuamos em quatro frentes: pesquisa, políticas públicas, educação e mobilização da sociedade e usamos dados concretos para realizar discussão profunda, crítica e qualificada de leis e projetos de lei, de modo a contribuir para a edificação e aprimoramento de regras eficientes no enfrentamento do mau uso dos recursos públicos.

Disseminamos conhecimento sobre compliance empresarial e estatal, instrumentos de fiscalização do Poder Público, transparência e acesso à informação, entre outros, com o objetivo de reverter a cultura de corrupção que há tanto tempo vigora no Brasil.
(Leia nosso estatuto).

DIRETORIA E CONSELHOS

O INAC é administrado por uma Diretoria Executiva que faz a gestão das tarefas do dia a dia, e que responde ao Conselho Estratégico, cuja função é definir os rumos do Instituto.

  • Diretoria
  • Conselho
  • Roberto Livianu

    Presidente

    Procurador de Justiça criminal em São Paulo, integra o Ministério Público desde junho de 1992, sendo graduado e doutor em direito pela USP. É articulista dos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo e comentarista do Linha Direta da Justiça da Rádio Bandeirantes, sendo escritor, professor e palestrante.

  • Rodrigo Bertoccelli

    Diretor Executivo

    Advogado. Bacharel e Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Mackenzie. Pós-graduado em Contratos Empresariais pela FGV-GVLaw e Extensão Executiva em Business and Compliance pela University of Central Florida e International Management & Compliance pela Frankfurt University of Applied Sciences.

  • Rita de Cássia Biason

    Diretora Executiva

    Rita de Cássia Biason é cientista política, coordenadora do grupo de pesquisas científicas do Instituto Não Aceito Corrupção e professora-doutora da Unesp (campus de Franca)

  • Arnaldo Lichtenstein

  • Fernando Schüler

  • Heleno Torres

  • Isabel Franco

  • José Álvaro Moisés

  • LUÍS ERLANGER

  • Laila Shukair

  • Luciana Asper

  • Marinalva Rocha

  • RODRIGO MAZIEIRO

  • Ricardo Braga

  • Ricardo Frota

  • Ricardo Gammal

  • Roberto Romano

  • Rodrigo Prando

  • Shin Jae Kim

  • ZILDETE LEAL

  •  

FUNDADORES & ASSOCIADOS

Entre nossos fundadores e associados estao os seguintes:

  • Antônio Aguilar Cortez (F)
  • Augusto Diegues (F)
  • Bruno Bertani (AF)
  • Cláudio Abramo (F)
  • Eugenio Bucci (AF)
  • Fernanda Lancia (F)
  • Gregório Marin Jr (F)
  • Gustavo Ungaro (F)
  • José Álvaro Moisés (AF)
  • Laila Shukair (F)
  • Laura Diniz (F)
  • Luciana Nicola (F)
  • Luiz Antônio Guimarães Marrey (F)
  • Marcello Ovidio Lopes Guimaraes (F)
  • Marco Vinicio Petreluzzi (F)
  • Maria José Fernandes (F)
  • Maria Paula Dallari Bucci (F)
  • Maria Tereza Sadek (F)
  • Mauro Canzian (F)
  • Modesto Carvalhosa (AF)
  • Monica Rosenberg Braizat (F)
  • Paulo Galizia (F)
  • Ricardo Peake Braga (AF)
  • Ricardo Gammal (F)
  • Rita Biason (F)
  • Roberto Livianu (F)
  • Roberto Romano (AF)
  • Rodrigo Pinho (F)
  • Valderez Abbud (F)
  •  

TRANSPARÊNCIA

Para baixar nossos balancetes, escolha o período que gostaria de ver.

PATROCINADORES

Agradecemos às empresas que se engajaram e de alguma forma contribuíram para o sucesso de nossos projetos. Faça parte desta lista.


APOIADORES


PARCEIROS


A TODOS QUE DE ALGUMA FORMA VÊM NOS AJUDANDO A ENFRENTAR A CORRUPÇÃO:

MUITO OBRIGADO!

O registro de nosso eterno agradecimento a um grande brasileiro que sempre apoiou o Instituto Não Aceito Corrupção e lutou de verdade pela construção de um país mais justo e íntegro, a quem rendemos admiração e gratidão. Nossa homenagem a Luiz Flávio Gomes, que prematuramente faleceu aos sessenta e dois anos, em 1/4/2020, na plenitude de sua produtividade intelectual.

DÚVIDAS?