O Instituto

Quem Somos - INAC



O Instituto Não Aceito Corrupção é uma associação apartidária, sem fins lucrativos, fundada em julho de 2015
(leia nosso estatuto). A entidade surgiu da articulação de um grupo de cidadãos que viu na crise política instalada
a partir de junho de 2013, com os protestos de rua, uma oportunidade para transformar indignação em esforços estruturados para o enfrentamento da corrupção.

Somos pessoas com backgrounds diferentes e formações profissionais bastante distintas, o que nos traz uma
vocação multidisciplinar. Usaremos o Direito, a Estatística e a Comunicação como principais ferramentas de trabalho. Entendemos que o conhecimento atual sobre corrupção é superficial, e que seu aprofundamento é indispensável para prevenir e combater a corrupção de forma eficiente, tanto nas instâncias oficiais, quanto na percepção da sociedade.

Atuaremos em três frentes: pesquisa, políticas públicas e educação/mobilização. Levantaremos informações sobre incidência e repressão à corrupção, e aos atos ilícitos relacionados, como fraudes a licitações, enriquecimento
sem causa, improbidade administrativa e lavagem de dinheiro, entre outros. Usaremos esses dados para fazer
uma discussão qualificada de leis e projetos de lei, de modo a contribuir para a adoção de regras eficientes
no enfrentamento ao mau uso dos recursos públicos. E, por fim, disseminaremos conhecimento sobre compliance empresarial e estatal, ferramentas de fiscalização do Poder Público, transparência e acesso à informação,
entre outros, com o objetivo de reverter a cultura de corrupção que, por tanto tempo, vigorou no Brasil.


Diretoria

Presidente

É promotor de Justiça em São Paulo desde 1992. Graduado e doutor em Direito pela USP com a tese Controle Penal da Corrupção (orientado por Miguel Reale Jr), é autor de Corrupção – incluindo a Lei Anticorrupção (2014 – Quartier Latin). Atua na Procuradoria de Justiça de Direitos Difusos e Coletivos, especialmente na proteção do patrimônio público.

Vice-presidente

É jornalista especializada na cobertura de Justiça. Sócia-fundadora do portal jurídico JOTA, já trabalhou na revista VEJA, no jornal O Estado de S. Paulo e na revista eletrônica Consultor Jurídico. Foi gerente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Ganhou o Prêmio Abril de Jornalismo em 2013 pela melhor cobertura de Política, com uma série de reportagens sobre o julgamento do mensalão, publicada pela VEJA.

Diretora Executiva

É advogada formada pela USP, com mestrado em marketing no ESSEC de Paris. Viveu dez anos na França, onde foi responsável pela comunicação europeia de grandes multinacionais. É sócia do escritório Hlavnicka Advogados, especializado em investimento internacional,
e integrante do Conselho Consultivo do Hospital Albert Einstein.

Consultor de Estratégia e Comunicação

É designer, graduado pela Universidade Federal Fluminense, do Rio de Janeiro.
Ele criou campanhas publicitárias com foco em design e branding, concentrando-se em conteúdos e estratégia. Ganhou prêmios internacionais por seus designs, incluindo três do Cannes Lions, e fez parte do programa da Berlin School of Creative Leadership. Há dez anos, participa da organização da Parada Gay do Rio de Janeiro.

Antônio Aguilar Cortez
Augusto Diegues
Bruno Bertani
Cláudio Abramo
Dalmo Dallari
Eugenio Bucci
Fernanda Lancia
Gregório Marin Jr
Gustavo Ungaro
José Álvaro Moyses
Laila Shukair
Laura Diniz
Luciana Nicola
Luiz Antônio Guimarães Marrey
Marcello Ovidio Lopes Guimaraes
Marco Vinicio Petreluzzi
Maria José Fernandes
Maria Paula Dallari Bucci
Maria Tereza Sadek
Mauro Canzian
Modesto Carvalhosa
Monica Rosenberg Braizat
Paulo Galizia
Ricardo Peake Braga
Ricardo Gammal
Rita Biason
Roberto Livianu
Roberto Romano
Rodrigo Pinho
Valderez Abbud





Transparência

Contamos com doações, apoios e patrocínios de pessoas físicas e jurídicas para nos manter e viabilizar nossos projetos. Temos o compromisso de reverter esses recursos, integralmente, para a concretização dos objetivos do Instituto. Em nome do princípio da transparência, publicaremos nossos balancetes aqui regularmente.

2015
> Faça o download do balancete